Os limites e possibilidades do trabalho fonoaudiológico em berçários é norteado pela ênfase na prevenção e na promoção de saúde. Portanto, o objetivo da fonoaudiologia neste ambiente é, não só detectar as alterações da linguagem e dificuldades alimentares, mas, principalmente, de dar possibilidades para a otimização do desenvolvimento, criando condições favoráveis e eficazes para que as capacidades individuais possam ser ao máximo exploradas, acreditando que as experiências são facilitadoras do desenvolvimento e aprendizagem. Como as creches constituem local em que as crianças passam grande parte de seu tempo, isso, facilita o aproveitamento do potencial infantil, gerando condições essenciais que propiciem o desenvolvimento harmonioso da criança. A valorização da interação entre adulto/criança e criança/criança amplia a competência comunicativa, sempre através de atividades lúdicas e de estratégias que estimulam compreensão e expressão oral e gráfica, podendo envolver inúmeras situações, como a roda de conversa, o conto e reconto de histórias (narrativas), jogos de linguagem, em que a ampliação de vocabulário, coesão, coerência, capacidades de antecipação, fechamento e solução de problemas, estarão subjacentes.

Esse trabalho pode envolver as mais diversas áreas da fonoaudiologia, como linguagem oral e escrita, fala, audição, funções alimentares, voz, saúde bucal, dentre outros. Porém, nessa faixa etária o enfoque principal é a linguagem com o objetivo de estimular sua aquisição de acordo com seu desenvolvimento, aumentando o vocabulário das crianças, através de brincadeiras, leitura de estórias e dramatizações e a motricidade oral, buscando-se observar e orientar questões relacionadas ao desmame de chupetas e mamadeiras, consistências das dietas e desenvolvimento eficaz do sistema estomatognático para uma boa qualidade de fala. Neste aspecto compreende-se também orientação sobre aimportância dos hábitos alimentares e de higiene bucal através de pequenas atividades educacionais e recreativas e do acompanhamento e orientação da escovação dental.

O fonoaudiológico atua como facilitador / orientador do desenvolvimento da linguagem, assessoria e supervisão às educadoras e aos demais funcionários da creche que, mesmo de forma indireta, se relacionem com os alunos; realiza atividades de estimulação em áreas especificas, além de orientação aos pais e educadores, e caso necessário, o encaminhamento para atendimento fora do ambiente escolar em serviços especializados.

Carolina Morais Moura

CRFa – PE 8370